prevnext

Os anjos

“És um anjo”, dizemos nós para elogiar a bondade de alguém.

“És um demónio” quando queremos expressar o oposto.

Os anjos, bons ou maus, gostam de disfarçar-se, para serem mais eficazes. Os bons para nos guiarem até Deus. Os maus para nos levarem no caminho contrário. O problema é que os maus disfarçam-se de beleza, de simpatia, de bondade e de amor. O beijo… a camuflagem perfeita para uma traição! Um ritual físico de aparência inofensiva… porta aberta para ele se introduzir na alma?

Aviso: escolhe, com prudência, os teus aliados espirituais. Porque quem brinca com o fogo… queima-se!

Usa detetores de incêndio. Por exemplo, a palavra “perdão”. Um espírito mau não é capaz de dizê-la. E usa extintores. Chama por Maria… Chama Jesus… e eles, com os seus anjos bons, proteger-te-ão dos maus.